Metodologia do Ensino de Língua Portuguesa e Literatura

Duração
1 ano

Titulação
Especialista

Modalidade
a distância

Selecione estado, cidade e polo para saber o valor da mensalidade:

Carregando dados...
Inscreva-se Agora!
Inscreva-se também em

0800 642 6002

Objetivos

Ao oferecer o Curso de Pós-Graduação em Metodologia do Ensino de Língua Portuguesa e Literatura a FAEL tem por objetivo qualificar o educador de língua portuguesa para que possa transmitir e construir conhecimentos a seus estudantes de forma que se tornem praticantes na nossa língua e aprendam a se expressarem nas diferentes situações que serão expostos, a lerem e a reconhecerem as diferentes estruturas de texto e a escreverem textos de acordo com os objetivos propostos, se tornando capazes de reflexão sobre a língua, e críticos quanto a clareza, coerência, coesão e gramática de seus próprios textos. Com este intuito, a FAEL desenvolveu objetivos específicos para que os estudantes estejam preparados de acordo com as seguintes competências:

  • Qualificar professores para trabalhar a língua portugue­sa aos falantes dessa língua, na concepção de que um efetivo aprendizado consiste em habilitar as pessoas a falarem, lerem e escreverem de modo eficiente, utilizando com desembara­ço e prazer seu bem pessoal mais íntimo: a língua;
  • Oferecer subsídios ao processo de formação do professor que atua no Ensino de Língua Portuguesa, orientando-o para a construção de uma prática pedagógica que envolve práticas sociais de expressão oral, leitura, produção de textos orais e escritos e momentos espe­cíficos de reflexão sobre a língua (análise linguística);
  • Propi­ciar ao aluno a Literatura com encantamento, com prazer, explorando o sentido e o signifi­cado de cada palavra, de cada verso, de cada estrofe, de cada poema, por meio do lúdico;
  • Discutir a dicotomia entre a teoria e a prática no uso das tecnologias, aprofundando conceitos que as perpassam, destacando aspectos relevantes da sociedade atual: a sociedade da informação, conectada e cibercultural, no sentido de evidenciar práticas pedagógicas possíveis a partir das tecnologias na escola, para o ensino de Língua Portuguesa e Literatura;
  • Estimular a sociedade para o compromis­so de mudança de práticas e atitudes e uma postura de negação ao preconceito linguístico, oportunizando conhecer a língua materna sem preconceitos, formando cida­dãos participantes, conscientes e que valori­zem a cultura;
  • Buscar as formas prestigiadas de escrever e de falar, tendo o cuidado de não discriminar a fala original ou intensificar o preconceito à variedade linguística que o aluno já traz para a escola;
  • Apresentar uma perspectiva ampla do Ensino de Língua Portuguesa e Literatura, de forma a englobar todos os níveis de ensino, mais fundamentalmente a Educação Básica, a fim de compreender a função dialógica da língua, de maneira que seus conteúdos estejam interligados e sejam ampliados a cada etapa, oportunizando assim, a visão sistêmica do ensino da língua;
  • Buscar a superação da fragmentação do conhecimento, o resgate do ser humano em sua totalidade, considerando o homem com suas inteligências múltiplas, levando à formação de um profissional hu­mano, ético e sensível;
  • Compreender a língua numa visão sistêmica, ou seja, integral, na qual to­dos seus elementos estão interligados e de­pendem uns dos outros.