Alunas: Ivanilda Anastácio Brandão

Lidiane de Oliveira Filgueira

Orientador:Patrick Ramon Stafin Coquerel

Polo: Fortaleza – CE

 

Resumo

No mundo inteiro tem se observado iniciativas no sentido da inclusão. A idéia da inclusão se fundamenta numa filosofia que reconhece e aceita a diversidade, na vida em sociedade, e a Declaração de Salamanca (1994) passam a influenciar a formação das políticas públicas da educação inclusiva, proclamando que as escolas regulares tornem escolas inclusivas e que crianças portadoras de necessidades especiais sejam matriculadas e todas têm acesso á escola, sendo de obrigação e de obrigatoriedade, mesmo sendo obrigatória. A forma de ser trabalhada depende da ação de cada município. A Escola inclusiva é uma tendência internacional, portanto uma escola inclusiva é aquela que abre os braços para acolher todas as crianças sem nenhuma restrição, conhecer suas limitações e trabalhar suas possibilidades, pois os mesmo são imensuráveis, não se metem ,são infinitas, portanto tendo ações educativas comprometidas com a cidadania e com a formação de uma sociedade democrática, solidaria e mais justa. É necessário ter coragem, vontade política e organização coletiva para obter as mudanças desejadas em prol de uma cidadania plena. Ao pensarmos em qualidade de educação para todos, também é preciso que consideremos determinados princípios fundamentais, entre eles a liberdade de escolha do individuo. A escola precisa adequar-se para garantir que o sistema de ensino não desconsidere que a aprendizagem deve ocorrer de acordo com os interesses e habilidades de cada aluno.

facebooktwittergoogle_pluslinkedin

Inscreva-se já!

Invista no seu futuro, faça um curso FAEL.